Aulas para Bebês

 

Introdução

 

Você deve estar se perguntado: "como assim aula para bebês"?!


Estudos recentes da neurociência comprovam que 80% do cérebro humano se desenvolve até o nono mês de vida extrauterina e que, sendo assim, quanto mais estímulo o cérebro tiver, mais "multi" este será.


Porém, não se assuste achando que os estímulos que me proponho a realizar com seu pequeno(a) farão ele(a) "queimar etapas", porque isso não ocorrerá. Os estímulos serão adequados a idade dele(a). Portanto, não estaremos acelerando nada, e sim ESTIMULANDO.
Lembre-se: ESTIMULAR É DIFERENTE DE ACELERAR.


Imaginemos um bebê onde sua mãe trabalha fora, seu pai também e a única funcionária da casa precisa realizar as tarefas da mesma e ainda se dividir com os cuidados com o bebê que passa o dia todo no "curral". Qual estímulo este bebê possui?! Com quem ele interage se todos estão com outros afazeres?!


Certamente, esta criança terá um atraso na fala, no desenvolvimento psicomotor, social, afetivo...


Agora, imaginemos um bebê que pode ter um espaço onde se estimula a linguagem, a motricidade fina, a motricidade grossa, os sentidos, a parte social, a cognição... Certamente, este segundo bebê será mais feliz em todos os sentidos.


Estar no play do prédio é interessante, mas pode ser prejudicial. Fique atenta(o)!


As babás, muitas vezes, estão teclando em seus celulares, conversando com outras babás e a criança não recebe a atenção devida (claro que toda regra tem exceção).


No play, às vezes, as crianças "podem vir"  a queimar etapas ao observar e copiar o que um amiguinho mais velho já faz.


Estar num espaço com atividades programadas especialmente para a idade de seu bebê faz toda a diferença para o desenvolvimento global dele.


Se você pode ajustar seu horário de trabalho ou se é profissional liberal, venha ter este tempo só seu e de seu bebê, se divertindo, estimulando e fortalecendo o vínculo entre vocês.


As aulas para os bebês nada têm a ver com creche. Nesta proposta, o bebê não é deixado sozinho. Ele estará acompanhado por um adulto que poderá ser a mãe, o pai, a babá, a madrinha, a avó... enfim, alguém vinculado a ele. Por isso, a Canguru é um espaço da família. A aula tem até 45 minutos se for em grupo e até 30 minutos se for individual. Caso a aula seja particular, ela deve ser realizada na sede da Canguru.


O bebê pode fazer, no mínimo, uma aula por semana e, no máximo, 5 aulas por semana.

 

O que é?

 

As aulas para bebês se resumem a um conjunto de atividades lúdicas que visam desenvolver: a linguagem (oral, compreensiva e gestual/corporal); a área afetiva; a motricidade fina e grossa; os sentidos, a área social e a cognição.

 

Conteúdos

 

A cada semana, o bebê terá um tema para ser trabalhado que poderá ser: animais da fazenda, animais da casa, animais da selva, música (instrumentos musicais), partes do corpo, formas geométricas, dança, cores, sabores, sons, meios de transporte...


Toda semana teremos uma aula diferente. Na quarta semana do mês, o bebê e o acompanhante ajudarão a construir esta aula, baseado no que mais agradou o bebê nas semanas anteriores.


Ou seja, o bebê terá semanalmente conteúdos diferentes para serem trabalhados com muita diversão e exploração dos objetos oferecidos.

 

Objetivos

 

Estimular seu bebê de maneira integral, contribuindo para que ele se destaque afetivamente, socialmente, cognitivamente e sensorialmente. A ideia é que ele se destaque, também, na maneira de mover-se e comunicar-se consigo, com o outro e com o meio. Enfim, tornar seu bebê mais feliz! E se você puder estar presente, a proposta é fortalecer o vínculo entre vocês.

 

Quando começar

Quando o bebê fizer 6 meses.

 

Metodologia

As aulas serão sempre demonstrativas. A professora mostra a primeira vez a atividade, com ajuda da mascote da Canguru (a boneca de pano NiLa) e na sequência, os bebês realizam com a ajuda do(a) acompanhante dele.

 

Sala dos bebês (foto: Vila de Imagens)

 

Obs.: A boneca de pano NiLa é inspirada na boneca Emília, do Sítio do Pica Pau Amarelo, de Monteiro Lobato.

 

Recursos materiais

A canguru conta com um acervo incrível de objetos com cores, texturas, tamanhos, formas e as vezes sons diferentes, tais como:


Instrumentos musicais diversos, livros, dedoches, bambolês, brinquedos com forma geométricas, tecidos com cores e texturas diferentes, "obstáculos" (ponte, escorregadeira, escada e ondas para o bebê caminhar ou engatear ), bonecos de pano, banheiras, bolas de plástico e de soprar, chapéus e passadeiras em forma de animais e por aí vai... Um mundo colorido de elementos que visam desenvolver a área visual, cinestésica e auditiva de seu bebê.

 

Galeria de Fotos

 

Sala dos bebês (foto: Vila de Imagens)
(foto: Valfredo Filho)
Sala dos bebês (foto: Vila de Imagens)
(foto: Vila de Imagens)
Sala dos bebês (foto: Vila de Imagens)
(foto: Valfredo Filho)
Sala dos bebês (foto: Vila de Imagens)
(foto: Vila de Imagens)
Sala dos bebês (foto: Vila de Imagens)
(foto: Valfredo Filho)

 

 

A sala de aula dos bebês é pintada de creme com acessórios em branco, porque se tivéssemos pintado e decorado a sala com cores, a sala ficaria cheia de estímulos visuais comprometendo assim a atenção de todos, principalmente a dos bebês. As cores estarão presentes nos objetos que utilizaremos a cada aula.

 

Dias e Horários

 

Canguru Amarelo (bebês de 6 a 12 meses)

Terça-feira
das 8h às 8h45


Quinta-feira
das 15h às 15h45

 

Canguru Laranja (bebês de 12 a 18 meses)
Terça-feira
das 9h às 9h45


Quinta-feira
das 16h às 16h45

 

Canguru Verde (bebês de 18 a 36 meses)

Terça-feira
das 10h às 10h45


Quinta-feira
das 17h às 17h45

Valor e Duração

O curso de bebês é dos 6 meses até 36 meses (3 anos).

1x por semana = R$ 185,00

2x por semana = R$ 275,00